quarta-feira, 26 de maio de 2010

DERROTA DA PAIXÃO

Eu queria que a minha boca falasse
O que os meus olhos conseguem lhe falar;
Eu queria ser diferente do que sou,
Para poder te beijar.

Como eu desejo namorar você,
Como eu queria poder lhe chamar de amor,
Mas a timidez dominou o meu peito
E a insegurança me fez desistir.
Assim, você partiu...

Eu acho que não gostarei mais de outro alguém,
Porque aqui dentro foi só você que conseguiu invadir
E me fez chorar de solidão
Sentindo aflição pela derrota da paixão.

Boa noite, amados leitores!
Este poema melancólico teve como inspiração a vida de um ser que tinha um grande amor em suas mãos, mas que infelizmente, por causa da sua timidez e insegurança, deixou este amor escapar.
Portanto, deixo a minha mensagem a vocês: “É melhor sofrer por um ato cometido, ao invés de lamentar-se por um ato não realizado”.

Para os românticos de plantão, segue alguns links de músiscas de uma dupla muito querida e talentosa do nosso Brasil: Victor e Léo.

TIMIDEZ
AMIGO APAIXONADO
FOTOS
LADO ERRADO

Forte abraço!

Um comentário:

jesica disse...

Nossa q lindo adorei!!!!

COLABORE COM O MEU TRABALHO CLICANDO NAS PROPAGANDAS E APROVEITE AS NOVAS OFERTAS DOS PATROCINADORES. OS SEGUIDORES DO MEU BLOG TÊM DESCONTOS EXCLUSIVOS COM OS PARCEIROS DO BLOG. PARA OBTER O DESCONTO É NECESSÁRIO ME ENVIAR UM E-MAIL (PÁGINA CONTATOS) PARA RECEBER CONFIRMAÇÃO.